a A
 
Os bairros
 
 

Os bairros

Da colina Sainte-Croix ao bairro do Anfiteatro e as Ilhas da Citadela, a História atravessa a cidade de Metz e lhe oferece uma diversidade de arquiteturas ao ritmo dos bairros visitados. Ambientes…

A colina Sainte-Croix

A colina Sainte-Croix é o coração histórico da cidade, onde foram descobertos os vestígios que datam da idade do bronze. A colina conserva diversos edifícios religiosos, entre os quais a igreja Sainte- Ségolène, o claustro dos Recolectos e a igreja dos Trinitários. Ela guarda, ainda nos dias de hoje, um aspeto medieval com as suas ruelas tortuosas, suas pequenas praças e palacetes urbanos. O Hotel Saint-Livier é atualmente o Fraque Lorraine. Na Rua do Haut-Poirier, descobrimos o Museu de La Cour d'Or, em Jurue, os vestígios da casa onde Rabelais se hospedara e, na praça Saint-Louis, uma arquitetura medieval de influência italiana.

La Cathédrale Saint-Etienne et le quartier Sainte-Croix

Outre-Seille

Este bairro típico preservou o seu estilo fortemente medieval. A aparência cosmopolita deste bairro é extremamente peculiar: em suas ruas tortuosas encontramos inúmeros artesãos e antiquários, mercearias ou lojas exóticas.
Todos os anos, no segundo domingo do mês de setembro, uma brocante (feira de objetos usados) anima esta região histórica em meio a um ambiente mais do que agradável.
A igreja Saint- Maximin, situada na rua Mazelle, abriga os vitrais realizados por Jean Cocteau.

Na rua dos Alemães (rue des Allemands), a igreja medieval Saint-Eucaire é um sítio de peregrinação bem conhecido dos habitantes de Metz no dia de Saint- Blaise (São Brás, 3 de fevereiro). No cruzamento do Boulevard Maginot e da rua dos Alemães, encontra a Porta dos Alemães (Porte des Allemands), um verdadeiro castelo forte que atravessa o rio Seille. Uma parte das muralhas fora transformada em zona de passeio.

Le quartier Outre-Seille

O coração da cidade

No coração de Metz as praças renovadas, tais como a praça de Chambre, a praça d'Armes e da República oferecem grandes espaços e convivialidade. Elas acolhem ao longo do ano inúmeras manifestações que as transformam em sítio animado e de encontros. Place d'Armes, a silhueta imponente da catedral Saint-Etienne, domina a cidade.

O bairro de Iles

Este bairro essencialmente administrativo apresenta alguns dos monumentos mais emblemáticos do século XVIII (ópéra-teatro, abadia Saint-Clément, sede do Conselho Regional "Grand Est", igreja Saint-Vincent…).
Os braços do rio Moselle e as pontes que o atravessam, bem como a arquitetura clássica predominante, proporcionam grande charme e elegância a este bairro.

Les Iles

A Cidadela

A Esplanada nos lembra que uma cidadela fora construída aqui, no século XVI, logo no início do período francês, quando Metz se tornou uma aposta militar.
O Palácio da Justiça (1776-1790), construído para ser o palácio do governador militar dos Três Bispados (Trois-Evêchés), marcara o caráter belicoso deste bairro.
Logo ao lado se encontra a antiga Abadia Real de Saint-Arnould (Santo Arnoldo), atual comício dos oficiais.

Não deixe de visitar Saint-Pierre-aux-Nonnains, uma das mais antigas igrejas de França ; o Arsenal, com uma arquitetura contemporânea repleta de classicismo ; a capela dos Templiers (Templários), única na região da Lorraine, bem como a antiga mercearia, hoje reabilitada em hotel 4 estrelas.

Le quartier Citadelle et l'Esplanade

A Nova Cidade, o bairro imperial e Sainte-Thérèse (Santa Teresa)

Novo bairro de Metz, realizado entre 1904 e 1938 no lugar das muralhas medievais. Ele se estende da comuna de Montigny-lès-Metz à estação SNCF.
Este bairro atende a imperativos militares e integra as novas teorias de urbanismo. Trata-se de uma verdadeira enciclopédia de estilos históricos ou novos : romano, gótico, Renascença, barroco, Art Déco ou Jugendstil.
A igreja Sainte-Thérèse (Santa Teresa), à proximidade, foi aberta em 1954. Nela podemos admirar esplêndidos vitrais de Nicolas Untersteller.

Le Quartier Impérial

O bairro do Anfiteatro

A origem do seu nome provém do grande anfiteatro de 25 000 lugares que se encontrava nesse exato lugar.
Situado na parte de trás da estação SNCF, o bairro do Anfiteatro representa um novo desenvolvimento urbano de Metz.
Neste barro se encontram o Palácio Omnisports « Les Arènes », o parque de Seille e o Centro Pompidou-Metz.
Ademais, habitações, centro de negócios, centros comerciais e um Palácio de Congressos também estão a ser realizados.

Centre Pompidou-Metz et exposition inaugurale ''Chefs-d'Oeuvre''

Como vir até Metz?

Comment venir à Metz ?

Contacto

Office de Tourisme de Metz
2, Place d'Armes - CS 80367
F-57007 Metz Cedex 1
FRANCE
+33 (0)3 87 39 00 00
+33 (0)3 87 36 59 43
contact@tourisme-metz.com

Abertura ao público

De abril a setembro e durante os mercados de Natal:
De segunda-feira a sábado: das 9h às 19h
Domingos e feriados: das 10h às 16h

De outubro a março:
De segunda-feira a sábado: das 10h às 18h
Domingos e feriados: das 11h às 15h

Encerrada 25 de dezembro e 01 de janeiro

Seguir-nos